11.4.08
25 de Abril sempre, fascismo nunca mais
É no próximo dia 24 de Abril e até julho (31 dias) que vou ter férias, vulgo alta, da Câmara Municipal do Rebórdão. O bom Sr. Doutor mê médico famoso após ter vindo na fama de uma revista (convém dar graxa pois é ele que olha pela minha saúde e lê os aqui posts do Blog vê-me pouco, embora vá tendo informações pelas gentes da saúde que cuida de quem sou decidiu este 'o povo unido jamais será vencido', pelas palavras escritas também se fala e não são só hãs).

Para as férias já tão pensados 3 jogos para não parar com esta recuperação são eles: pôr-me em pé à janela a ver as vistas turistícas sintrenses; jogar scrablle e mahjong com a esq; tempos de terapias da fala. Pensados estão por mim questionários a gente amiga gravados em vídeo com resposta a um questionário por mim elaborado sobre este estágio de vida, uma coisa algo egocêntrica, ida a uma piscina aqui nos meandros ou em Alcoitão, ida à passeata de festejo da revolução dos cravos. Ir às sessões de desporto e às 'acessibilidades? em Alcoitão.

A semana passada tive em pé apenas apoiado numa mesa.

Acho que nunca senti Amor e se senti perto quem foi sabe bem que foi por ela que estive perto, de resto tive muitos namoricos ('curtes' é uma palavra tão feia... só duas é que ainda não vieram visitar-me...1 vem a outra não sei dela), só tive 2 nAMORos e os dois são dignos desse nome, senhoras que me ensinaram muito no meu EU. Tenho este péssimo vício de gostar do sexo feminino.

Deve ter sido da última vez que conduzi e com a batida na batida na cabeça, que coloquei como subject duas questões qque tenho nos últimos posts: existe Amor para além do de pais e famelga? chego à conclusão que existe por perguntas feitas a gente amiga, o que ´é um playboy ? diz-me um amigo inglês que é alguém que têm muitas schnenekes e que gosta de conduzir rápido.

Deixo de comunicar pelo telemóvel à noite pois quero me pôr bom e no Alcoitão não há rede, diz messagem entregue mas não recebo respostas às prguntas que faço, nos mail acontece algo parecido.

Prometi ir passar o reveillon à alemanha, espero poder falar (leis-se diafragma restituído) e andar para profitar a trip (ganda moca).

O M. Laje pequenina prometeu apresentar o JORGE. P. q agora até já passa na rádio, mais um sinal que estou velho.

Talvez esteja mais cusco, da falta de um órgão os outros tornam-se mais aplicados.

Assim seja.



HaloScan.com