26.9.06
percurso (in)completo
Serralves fechado. Um café e uma conversa saborosa sobre o que queremos dos nossos futuros.
Mercado das artes aberto... Mas pequeno demais para me distrair.
A minha querida amiga precisava de trabalhar.
Centro Português de Fotografia fechado.
Decidi-me a terminar as tentativas de me distrair e fazer o que me apetecia mesmo... andar sozinha, a pé, vagueando pela cidade (na noite anterior, num filme que não vi, tinha lido "nem todos os que vaguem andam sem rumo"). Desci dos Clérigos à Ribeira pelo caminho mais longo que encontrei. Sentei-me numa esplanada, escrevi algumas frases sem muito jeito. Bebi ice-tea. Continuei a pé até à Alfândega. Estava um sol mesmo bom. Subi pelas íngremes "escadas das sereias" e, depois de uma longa rua, duas horas depois, encontrava-me no início outra vez.
No início outra vez.



HaloScan.com