29.8.06
Férias II - "Levada do Castelejo"
Amo os que atravessam os campos
desamparados
mais do que se pode

Amo as suas verdades:
algum ânimo, vitórias inúteis
um sentido impróprio para a inocência
nada ou quase nada diferente
do perigo

ninguém soube ao certo donde vinham
para encontrar uma vida
ou coisa mais pura ainda

entregues como este verão já no fim
às folhas secas
que voam

(José Tolentino Mendonça)



HaloScan.com