13.2.06
impulso
Dois impulsos no mesmo dia. Sair de casa a correr… não querer chegar fora de tempo.
Um impulso e parece que estiveram a falar sobre nós, para nós. A grande audiência ouve em silêncio. E ninguém reparou que alguém quase chorava.
Voltar a casa. E uma vontade irresistível de cinema. Mas tinha de ser um bom filme e a sala tinha de estar vazia. 10 minutos para lá chegar e decidir que sim.
Sala vazia. Tudo vazio. Brokeback Mountain numa fila bem à frente, para entrar no filme. E valeu a pena. Como diz o realizador Ang Lee (chamava logo a atenção pelo Tigre e o Dragão): "As pessoas falam sobre uma história "gay" mas não acho que devam considerar essa a parte mais importante do filme. Não creio que alguma vez tenha feito uma história romântica de amor e por isso esta é muito especial.” E é mesmo.

uma_imagem_gira
escolhi um imagem em Brokeback



HaloScan.com