29.11.05
lembrança
Encontrámo-nos os 5 em casa. Eles os três foram de carro, à frente. Os dois em cuidados com ela. Muito de escuro o cabelo claro ficava-lhe bem. Ele de caracóis escuros e a terceira de caracóis também, lá foram.
Eu e o outro, os meus caracóis e o cabelo liso a esbranquiçar em entradas hereditárias. De autocarro, serenos e confiantes fomos ter à dita sala.
Lá dentro tentei estar atenta, orgulhosa do seu inglês eu fiquei a olhar... mas também contei as lâmpadas fundidas, olhei as caras dos reis lá em cima penduradas, analisei as reacções do júri. Conversei um bocadinho para o lado, disse ao irrequieto de trás (o que me falou das lâmpadas dias antes) que parasse de bater na minha cadeira.
Tudo correu muito bem e ela já é doutora. Minha irmã sempre será.











quem tirou esta foto ficou tão orgulhoso que ela aqui não podia faltar. e o que eu fazia na parede escrito está (esta parte fui eu que reparei e não o fotografo)



HaloScan.com