26.9.05
Terra da Igreja
Na Terra da Alegria de hoje a Maria da Conceição apresenta uma bela síntese do evangelho lido nas missas de ontem:

«Ao contrário de a Igreja andar sempre à procura e a reagir àquilo que ela considera serem os obstáculos à sua acção, nomeando “inimigos”, tais como o sincretismo, o relativismo, o facilitismo, o naturalismo, o subjectivismo e outros “ismos”; deve, ela própria, fazer uma profunda conversão interior, que abranja todas as suas estruturas e agentes pastorais, deste a Hierarquia aos fiéis leigos. Conversão, que a leve a olhar para si e veja com verdade, em que é que tem posto o seu empenho. Se é em crescer e manter as suas estruturas, onde a hierarquia assume o papel preponderante de tornar visível o rosto da Igreja. Onde os dogmas e o Direito Canónico foram, substituindo o Evangelho. Ou, no seguimento de Jesus Cristo, reconhecer-se como o pequeno grão de mostarda (Mc 4,30-32) que sendo a semente mais pequena, dá fruto que permanece.»



HaloScan.com