1.6.05
os argumentos do "Não"
Não assisti desde o princípio ao debate sobre a Constituição Europeia, ontem à noite, mas do que vi os argumentos de Pacheco Pereira pelo "Não":

1. na Europa os estados não se entendem;
2. a Constituição serve para obrigar os estados a entenderem-se;
3. a Constituição é má.

Outra leitura:

1. na Europa os estado tentaram entender-se ao ponto de chegarem ao tratado constitucional;
2. a Constituição serve para caminhar no sentido de haver mais entendimentos entre os estados;
3. a Constituição é boa.

À parte ser sintético, acho que retrata bem os argumentos mais insitentes do "Não". Também podemos e devemos discutir os vários aspectos bons e maus da constituição e as questões de forma e nomenclatura (em que Jorge Miranda insistiu), mas isso parece não interessar a Pacheco Pereira, que logo diz que o "Sim" está a querer marcar a agenda do debate e a apagar a política da discussão... Se não é para discutir este tratado, então é para discutir o quê?



HaloScan.com