28.4.05
um ano de Terra da Alegria
Let´s start a catholic blog!
Cleared of beatific literature!
We want something red blooded,
loud and pure,
reeking with stark
and fearlessly obstinate
but really clean.
Get what we mean?
And let´s not spoil it.
Let´s make it serious,
something authentic but delirious.
You know, something genuine,
like tears in a shrine.
Graced with guts
and gutted with Grace!
Squeeze your thoughts
and open your faith!


Há um ano começava assim a Terra da Alegria, tendo como mote este poema adaptado de e.e. cummings pelo José. Como diz o próprio na edição de hoje, não fazemos ideia do impacto que tem, nem nos queremos levar demasiado a sério. E agora sem mais falsas modéstias, o Afonso é que acertou: "É o blog que Jesus Cristo gostaria de ter escrito. Ou mesmo Moisés, se não tivesse já escrito o pentateuco."



HaloScan.com