9.4.05
Coimbra-Moscovo
Coimbra-Moscovo para renovar o passaporte. De carro. De carro em segunda ou terceira mão. Mais de seis mil quilómetros. Coimbra, Portugal-Espanha-França-Itália-Áustria-Hugria-Ucrânia-Rússia, Moscovo. Um bom percurso de interrail? Certamente. Mas neste caso é para fazer tudo em três dias:
— Três dia, três dia. Guiar vinte-quatro horas, descansa três. Três dia, três dia e já está.

Já chegaram. O vinho português que levaram não deve ter passado a fronteira da Ucrânica, mas já chegaram. Voltam daqui a um mês com passaporte novo, à procura de novo trabalho. À procura das oportunidades que não encontraram na sua terra. Ela tem lugar garantido numa fábrica — o patrão não manda embora quem trabalha bem. Ele vai procurar qualquer coisa. Queria conduzir autocarros, como fazia lá, mas a carta profissional é cara. Não deixa de se desgostar, com o seu tique machista:
— Mulher não é para trabalhar. Mulher é amor!"

A mulher e a filha repondem com uma gargalhada.



HaloScan.com