28.2.05
mais filosofia personalista
Hoje continuei a percorrer as páginas de "O Personalismo", de Emmanuel Mounier, na Terra da Alegria. Desculpem lá os que não apreciam a onda filosófica, mas não consegui resistir:

«Aquele que, descendo de si, se não deteve na calma dos primeiros abrigos, mas se decidiu a correr a aventura até ao fim, cedo se precipita para longe de qualquer refúgio. Artistas, místicos, filósofos, viveram por vezes até ao esgotamento esta experiência integral, muito curiosamente chamada 'interior', porque se lançaram para os quatro cantos do globo.»

Também lá está um texto do Lutz, que nos dá a conhecer um livro de Martin Buber onde se relatam experiências místicas de gente comum, muitas vezes distante dos cânones das Igrejas. Pela poema que nos mostra, é coisa boa. Ficamos à espera de mais.



HaloScan.com