12.8.04
Blogo em f�rias
Em f�rias nem blogs nem posts que para isso temos o ano todo.
Passar por c� entre-f�rias sentindo o espa�o descuidado com ervas a crescer e p� a assentar, um mesmo post dias e dias a fim, � descuido ou cuidado noutros lados.

H� festivais, aut�nticos mundos � parte, onde se v� gente bonita e jovem como em mais nenhum lugar; beleza e juventude descuidada, dan�ante e alegre: todos para o mesmo. Misturo amigos de lugares diferentes como nunca gosto de arriscar: acaba sempre por correr bem e dou por mim a observar os meus amigos a conversar entre eles com gosto. Grupos novos que me encantam de quem prometo comprar um cd e acabo sempre por nunca comprar. Cansa�o pela manh�, sa�das da tenda acordado pela menina da Axe com seu microfone que por acaso foi minha colega de turma e que n�o se cala "meninos, tirem as toalhas de cima do toldo", "ent�o como foi o banho? qual a sensa��o?" e � chata como tudo, ver o mar de gente a passar para os chuveiros, toalha e champ�, alguns j� com cerveja na m�o. Deitar nos puffs depois do banho. Ouvir gente, falar com gente, conhecer gente. N�o tirar a pulseira do festival durante dias depois do fim. "V� meninos, toca a despachar!"

Praias... descobrir praias, algumas s� nossas onde podemos nadar n�s: expoente m�ximo da liberdade. Jogos junto ao mar, brincadeiras de mi�dos em constru��es na areia ou molhas g�lidas aos secos. Pesquisar nas praias, caminhar junto ao mar e procurar as conchas: uma preta e uma branca do mesmo tamanho pequeno. Mergulhos e enfeites com algas, piqueniques de praia.
Comidas boas e leves. Muita fruta. Um bom vinho branco.
Ler romances, lev�-los para todo o lado muitas vezes sem os ler e s� para os encher de areia: eles gostam, sentem-se vividos. O que mais queiram juntar.

H� rituais de f�rias que entram em n�s sem darmos conta, quando pensamos que elas podem acabar, atiramo-nos a elas ainda com mais for�a.
Volto ao blog quando acabar o intervalo para f�rias!



HaloScan.com