14.7.04
Mudemos de Assunto
"Andas a� a partir cora��es
como quem parte um baralho de cartas
cartas de amor
escrevi-te eu tantas
�s tantas, aos poucos
eu fui percebendo
�s tantas eu l� fui tacteando
�s cegas eu l� fui conseguindo
�s cegas eu l� fui abrindo os olhos

E nos teus olhos como espelhos partidos
quis inventar uma outra narrativa
at� que um ai me chegou aos ouvidos
e era s� eu a vogar � deriva
e um animal sempre foge do fogo
e mal eu gritei: fogo!
mal eu gritei: �gua!
que morro de sede
achei-me encostado � parede
gritando: Livrai-me da sede!
e o mar inteiro entrou na minha casa

E nos teus olhos inundados do mar
eu naveguei contra minha vontade
mas deixa l�, que este barco a viajar
h�-de chegar � gare da sua cidade
e ao desembarque a terra ser� mais firme
h� quem afirme
h� quem assegure
que � depois da vida
que a gente encontra a paz prometida
por mim marquei-lhe encontro na vida
marquei-lhe encontro ao fim da tempestade

Da tempestade, o que se teve em comum
� aquilo que nos separa depois
e os barcos passam a ser um e um
onde uma vez quiseram quase ser dois
e a tempestade deixa o mar encrespado
por isso cuidado
mesmo muito cuidado
que � fr�gil o pano
que enfuna as velas do desengano
que nos empurra em novo oceano
fr�gil e resistente ao mesmo tempo

Mas isto � um canto
e n�o um lamento
j� disse o que sinto
agora fa�amos o ponto
e mudemos de assunto
sim?"

(Letra e m�sica de S�rgio Godinho )


Sexta feira passada houve concerto gr�tis do S�rginho no Monsanto (Lisboa em festa). � incr�vel como j� tendo ouvido vezes sem conta aquelas letras continuam a maravilhar-nos e a trazer-nos pequenas descobertas e pormenores deliciosos.
Este "Mudemos de Assunto" no �lbum Campolide era cantado uma primeira vez muito lento e triste e uma segunda muito r�pido e animado ganhando a mesma letra duas dimens�es opostas; com o Cd Irm�o do Meio vem o brinde de ele cant�-la acompanhado pelo Jorge Palma (dois preferidos juntos). Na 6� passada l� esteve tamb�m convidado o Jorginho, mais o Caman� (que voz bonita) e o David Fonseca.
A vista magn�fica de Monsanto sobre o Tejo e os amantes de S�rgio Godinho (algu�m que eu conhe�a que goste de SG est� logo a ganhar pontos...) tornaram o ambiente muito confort�vel.

"h� quem afirme
h� quem assegure
que � depois da vida
que a gente encontra a paz prometida
por mim marquei-lhe encontro na vida" (um sublinhado meu)

Nota: apesar de me apetecer mudar de assunto devo dizer � Clara e � Joana Lu�sa que o S�rgio Godinho dedicou o "bem vindo Sr. Presidente" ao Presidente Jorge Sampaio (no dia em que ele tomou posi��o).



HaloScan.com