22.6.04
Deliciosas Tapas
Cheg�mos atrasados ao parque das na��es/fan zone para ver o jogo: j� n�o deixavam entrar. Impaciente, enquanto j� se ouvia o hino, que cant�mos em andamento, ia � frente tentando apressar os outros. Entr�mos num bar enorme, lugares sentados todos ocupados, muita gente j� em p�, l� nos arrum�mos a um canto. Toda a gente gritava, batia palmas, Por-Tu-Gal, Por-Tu-Gal...

Portugal estava maravilhoso: o Ronaldo deixava-os a falar grego, o Figo comandava como um general alem�o, o defesa estava intransponivelmente italiana, domin�vamos o jogo com um meio campo bem portugu�s. Muitos cruzamentos, algumas jogadas de "aaaah".

Chega o intervalo, estamos a jogar bem mas ainda n�o marc�mos: j� tantas vezes nos habitu�mos a vit�rias morais que me parecia estar mesmo a ver o filme. Ainda por cima o Scolari muda de ponta de lan�a, tira-nos o nosso melhor marcador (o Pauleta) quando precisa de marcar golos e... gooooooooolo! Nuno Gomes, ele mesmo! O meu irm�o sempre me disse: o gajo marca quando tem que ser e abre espa�os para cara�as, p�! O gajo � bom!

Tudo aos saltos com gente que nem conhecia. Tudo agarrado.
Ainda apanh�mos alguns calafrios mas a vit�ria � nossa! Sa�mos para festejar, a m�sica era brasileira (!?). Entr�mos para o carro: buzina, quatro piscas, todos sentados na janela todos de fora a agitar cachec�is. Gente por todo o lado: desde o bmw descapot�vel de cachecol, bandeira, vestido a rigor at� � lambreta de caixa aberta do senhor de bigote t-shirt do barcelona com o Figo ao peito. Cada vez que aparecia um espanhol l� vinha "lalalala, e Viva le Espa�a!", se era croata "To-Mo So-Ko-Ta!" Todos levantavam o polegar e desejavam Buena Suerte (!?).
Um mar de gente, todos eram nossos amigos, todos gritavam e riam... fiquei rouco. Venha a Inglaterra... estamos outra vez com f�lego!



HaloScan.com